Caso não consiga visualizar corretamente esse e-mail, copie e cole o link em seu navegador: http://www.glassecviracon.com.br/bv/39/index.html
  Boletim do Vidro OUTUBRO 2016 / EDIÇÃO Nº 39  
  GlassecViracon  
 
 
 
Os benefícios da nova NBR 7199
 
Agora ela está mais clara e objetiva, com tabelas, exemplos e anexos que vão facilitar o trabalho de especificadores e demais profissionais do setor vidreiro. Publicada em julho passado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a revisão da NBR 7199 estabelece os requisitos de projeto, execução e aplicações dos vidros na construção civil.
  Silvio Ricardo Bueno
 
As principais alterações da nova norma são explicadas por Silvio Ricardo Bueno de Carvalho, gerente-técnico da Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (Abravidro).
 
Quais são as novidades que a revisão da NBR 7199 traz para o setor vidreiro?
A versão anterior da norma contemplava apenas vidros apoiados em quatro lados, e na atualização foram acrescentados aqueles apoiados em dois e três lados. Também foram feitas a atualização e complementação dos cálculos de espessura do vidro de acordo com as normas internacionais, incluindo um roteiro, passo a passo, de como utilizar as fórmulas, e anexos com exemplos dos cálculos aplicados. Na metodologia atual são mencionados o cálculo da flecha, o fator de equivalência para cada tipo de vidro e a orientação para cálculo de espessura de peças não retangulares.
 
O que mudou em relação à aplicação dos vidros?
As regras de aplicação estão apresentadas de forma mais clara e objetiva em uma tabela, o que com certeza facilitará sua consulta e entendimento. Como exemplo, temos a exigência sobre a utilização de vidros laminados ou aramados em guarda-corpos e coberturas, que já existia na versão anterior da norma e que agora é apresentada de forma a não gerar dúvidas. Portanto, vidros temperados continuam sendo proibidos nestes casos.
 
Foram incluídas novas aplicações?
Sim, na tabela estão mencionadas novas aplicações, como muros de vidro, piso de vidro, vidro blindado, vidro resistente à explosão, entre outras. Um dos principais requisitos é que todo vidro instalado abaixo de 1,1 m em relação ao piso, seja interno ou externo, em qualquer pavimento, deve ser de segurança. Em cada caso, devem ser observados quais tipos de vidro de segurança são permitidos pela norma.
 
A revisão altera questões no âmbito da responsabilização dos fabricantes?
A responsabilização continua sendo a mesma. Conforme o Código de Defesa do Consumidor, no capítulo V “Das práticas comerciais”, Seção IV “Das práticas abusivas”, artigo 39, é vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, entre outras práticas abusivas, “VIII — colocar, no mercado de consumo, qualquer produto ou serviço em desacordo com as normas expedidas pelos órgãos oficiais competentes ou, se normas específicas não existirem, pela Associação Brasileira de Normas Técnicas ou outra entidade credenciada pelo Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial”. Portanto, é muito importante que as empresas estejam atentas quanto à utilização correta do vidro de acordo com a NBR 7199, pois ela será a referência para qualquer questão jurídica sobre aplicações de vidros na construção civil.
 
 
A hora H
 
Vitra  
A especificação de um produto exige o cruzamento de variáveis que atribuem valores de diferentes ordens ao conjunto da obra. E especificar um produto versátil como o vidro arquitetônico requer atenção especial ao tipo de aplicação a que se destina — tópico que a revisão da norma técnica 7199 veio elucidar.
 
Nessa hora, é indispensável levar em consideração ao menos as seguintes características:
 
Tipologia da edificação: comercial, residencial, hospitalar, hoteleira, educacional, shopping centers, entre outros.
 
Tipologia dos vãos: fachada envidraçada, janela, cobertura, guarda-corpo, piso, revestimento, entre outros.
 
Requisitos de desempenho: transparência, eficiência energética, segurança, isolamento acústico, resistência mecânica (espessura), estética (aspectos como a percepção que se deseja que o usuário tenha da obra: de leveza, transparência, segurança etc.).
 
A GlassecViracon tem um time de especialistas em vidros arquitetônicos.
Solicite amostras e troque ideias sobre a melhor solução para o seu projeto: www.glassecviracon.com.br/espec/.
 
TEOMP e HIAE - Perdizes
 
 
Baixe o aplicativo GlassecViracon
  Site Facebook Twitter YouTube Linkedin E-mail GV   Imprimir VERSÃO PARA IMPRESSÃO
PUBLICADO POR GLASSECVIRACON • DIRETORIA DE MARKETING: Claudia Mitne • APOIO: Lais Gomes • DIAGRAMAÇÃO:
Arbore Editoração • CONTEÚDO: Auris Produções e Comunicações • JORNALISTA RESPONSÁVEL: Silvana Afram (MTb 14.950)
Para que sua mensagem não caia na caixa de SPAM, adicione contato@glassecviracon.com.br à sua lista de contatos.